“E impelido pela minha ávida vontade, imaginando poder contemplar a grande abundância de formas várias e estranhas criadas pela artificiosa natureza, enredado pelos sombrios rochedos cheguei à entrada de uma grande caverna, diante da qual permaneci tão estupefato quanto ignorante dessas coisas. Com as costas curvadas em arco, a mão cansada e firme sobre o joelho, procurei, com a mão direita, fazer sombra aos olhos comprimidos, curvando-me cá e lá, para ver se conseguia discernir alguma coisa lá dentro, o que me era impedido pela grande escuridão ali reinante. Assim permanecendo, subitamente brotaram em mim duas coisas: medo e desejo; medo da ameaçadora e escura caverna, desejo de poder contemplar lá dentro algo que fosse miraculoso"

Leonardo Da Vinci

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Gouffre des Ordons - França


Cidade: Pequena vila próximo de Besançon – Montrond le Château
Departamento: Doubs
Saída de final de semana junto ao Speleoclub de Paris.
13 de Junho de 2005;

O acesso à gruta é por por um pequena fissura no calcáreo. A amarragem inicial pode ser feita nas árvores ao redor do gouffre e pelos spits plantados logo no incício da descida.
Cerca de 4 metros adentro, têm-se acesso a uma fenda onde instala-se um corrimão para assegurar até o melhor ponto para a descida final. Trata-se do maior lance vertical da caverna (cerca de 25m) que dá acesso a um enorme salão repleto de estalagmities, velas e cortinas. Gouffre des ordons é uma descoberta recente e perfeito para iniciantes. Seus lances de verticais não são grandes, a instalação é bastante simples e a recompensa bela beleza da caverna em formações é garantida. Foram colocadas fitas de proteção para traçar um caminho de uma extremidade do salão a outra de modo a proteger as formações. Destaque para duas grandes velas que se encontram no centro da parte mais ampla do salão, próximo á descida da corda.
Estive com o espeleo clube de paris e realizei lindíssimas fotos mas que em uma desagradável descoberta percebi que as tinha feito em baixa resolução. Resultado: mudei para alta mas não tive suficiente tempo para tirar as mesmas fotos que já havia feito.
Por coincidência durante o ultimo dia do estágio na EFS acabamos voltando a essa gruta e pude realizar novamente mais fotos e desta vez, em alta resolução. Embora não tenha tido paciência e nem tempo suficiente para repetir as boas fotos da primeira vizita acho que consegui mostrar um pouco da amplitude e beleza desta caverna.

Nenhum comentário: